PRINCÍPIOS DO PROLETARIADO ORGANIZADO (COB-AIT)

O Movimento de Reconstrução da C.O.B. julga necessário estabelecer, em termos precisos, um critério fundamental, positivo e realista, pelo qual deverão orientar-se todas as organizações, todas as lutas, todos os esforços dos trabalhadores.

PRINCÍPIOS DO PROLETARIADO ORGANIZADO

(Aprovado nos Congressos Operários Brasileiros de 1906,1913, 1920 e 2011.)

1- Toda a vida dos nossos dias,em todo o mundo, gira em torno do choque de interesses, entre as duas classes básicas da sociedade: A classe dos trabalhadores e a classe dos capitalistas. Estão de um lado os operários, os produtores, os oprimidos, os pobres; de outro lado estão os patrões, os parasitas, os opressores, os ricos.

2 – A classe dos trabalhadores é a classe que produz efetivamente e diretamente todas as riquezas sociais, e, é, no entanto, a classe pobre: a classe dos capitalistas nada produz diretamente, nem efetivamente e, no entanto, é a classe rica.

3 – Essa é a caracterização histórica dos conflitos sociais do nosso tempo: revolta da consciência proletária contra a injustiça do regime capitalista.

4 – Da consciência desperta e revoltada nasce a necessidade da organização. A organização, unindo forças dispersas, aumenta a força de cada um e aumente a força de todos. Desorganizados, os trabalhadores nada podem, organizados, podem tudo.

5 – Ficam, pois firmados os princípios e as finalidades fundamentais da organização operária: revolta contra injustiça, luta contra o regime de desigualdade entre as pessoas*; ação pela justiça, luta por um regime de igualdade entre as pessoas.

*homens/mulheres/crianças/velhos/doentes independente de etnias.

6 – Em síntese: a organização operária, constituída sob um principio de Justiça, tem por fim estabelecer uma sociedade em que todo o produto do trabalho útil de todos seja de fato propriedade de todos os trabalhadores».Lutar e Organizar Sindicatos Livres e Revolucionários, sem Partido, Nem Patrão!

A emancipação dos trabalhadores será obra dos próprios trabalhadores

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *